Novidades

Marina Ruy Barbosa conta pra Luan Santana como conheceu marido: “Saí com ele de cara lavada”

Marina Ruy Barbosa e Luan Santana estão fazendo uma live juntos. Durante a transmissão, a atriz cantou com o sertanejo seus sucessos antigos, da época em que eles se conheceram. A ruiva ainda relembrou uma foto de 10 anos atrás ao lado do ídolo, num momento tietagem: “Suas músicas marcaram uma época da minha vida”.

Marina também detalhou a Luan como ela e o marido, Alexandre Negrão, se conheceram. “Nunca fui de ficar muito tempo solteira. Nesse Réveillon eu estava solteira e não sabia o que fazer. Fui com a minha família pra Noronha. Do dia 31 pro dia 1, conheci ele e, no dia seguinte, ele me adicionou no Facebook e me chamou pra jantar. Pensei ‘Tô solteira, bonitinho ele, amanhã tenho que voltar pro Rio. Eu vou’. Saí com ele de cabelo molhado e cara lavada… bem despretensiosa. Amei ele, fofinho e com sotaque. No encontro, ele falou que gostava de sertanejo. Falei ‘nossa, esse cara não é coxinha, é raiz’. Não queria começar uma história se eu tinha que voltar pro Rio. Ele ficou com outras meninas lá, que eu fiquei sabendo depois (risos). Não fiquei com ele no dia, dei um ‘chega pra lá’, e ele me disse que morreu de medo de eu não ter gostado dele”, relembrou.

“No dia seguinte, ele me mandou uma mensagem dizendo que queria ir pro Rio me ver. Ficamos. No mesmo fim de semana, ele me pediu em namoro. Seis meses depois, em casamento. Foi tudo muito rápido”, contou ela.

Marina, que está em Fortaleza para ficar perto do marido, disse que o empresário ainda não conseguiu parar de trabalhar e juntar-se a ela nesta quarentena. “Estava em Los Angeles estudando atuação e aperfeiçoando meu inglês. Eu tinha o sonho de morar fora. Voltei para o Brasil, fiquei uma semana em São Paulo e depois vim para Fortaleza ficar com o Xande”, disse.
Marina ainda relembrou o dia em que cantou com Roberto Carlos, num especial de Natal. “Tentei, né? Já tive vários desafios na vida, trabalhei com grandes atores, mas eu tremia! Era o sonho da minha vida, da minha mãe e de toda a minha família… Roberto me ligou, Boninho disse pra eu fingir que era surpresa. Quando ele ligou, fiquei tensa, bateu o frio na espinha! Uma das emoções mais loucas da minha vida. Pensava ‘vou chegar nesse palco e nem vou conseguir segurar esse microfone’. Ele foi muito fofo, segurou minha mão. Não sou cantora, mas nunca perderia essa oportunidade”, detalhou.Luan Santana, que assistiu à apresentação, elogiou a amiga. “Seu nervosismo deixou tudo mais fofo. Também já cantei com ele e é uma experiência única”, contou.

Deixe seu comentário